Convidados do Bem #5 – Renata Stort

Nossa quinta convidada tem um histórico muito bacana de ações sociais e bons relatos de quem buscou por conta própria realizar um voluntariado internacional. Entre muitas coisas, Renatinha é educadora, contadora de histórias inspiradoras na empresa Ciranda Social e Facilitadora de gentilezas coletivas na empresa Doe Sentimentos.  Enfim, assim como a gente, você vai gostar de ler uma das suas experiências!!! ❤


A vivência internacional de Renata foi na instituição Qosko Maki – Peru. Sim, foi ela quem nos indicou essa iniciativa e tornou possível o nosso voluntariado que já contamos aqui.

Por isso, queremos compartilhar com você como foi todo o processo de planejamento, viagem, trabalho voluntário, sensações e momentos incríveis dessa experiência. Inspire-se!

1 – Como nasceu a vontade de viajar e poder fazer voluntariado ao mesmo tempo e o que mais te motivou a ir?

Nasceu de uma necessidade muito grande de conhecer diferentes métodos de educação, vivenciar novas culturas e, principalmente, estar só!

Renata1

2- Quais os países que você já realizou o intercâmbio social e quais atividades desempenhadas?

Eu busco a todo instante em minha vida, oportunidades de conectar-me com o novo, com o diferente e com o fazer coletivo. E nessa busca, eu encontrei Qosqo Maki, Instituição localiza em Cusco, no Peru. Fiquei muito interessada em conhecer essa Instituição porque atuam com um método que não existe no Brasil. Eles são uma ONG dormitório.

Lá tive a grande oportunidade de acompanhar as atividades educativas para as crianças e os jovens que vivem nas ruas. Nos dois primeiros dias, precisei me adaptar ao fato de que eu poderia fazer parte DO TODO e logo percebi que as portas das atividades estavam abertas para meus talentos, para minhas diferenças e também, para minhas necessidades.

Tive certa dificuldade em diferenciar quais eram as crianças do bairro e quais eram as crianças do dormitório. Depois eu percebi que essa dificuldade se deu ao fato de que não existe diferença! Eu era quem fazia a diferença.

A instituição não faz programações especiais para quem tem família e quem não tem. Ali, em QM, todos têm alma, todos têm talentos, todos têm futuro.

3 – Em algum momento você ficou medo por ser mulher e viajar só ou algum receio com a barreira do idioma? (caso tenho ido só) 

Eu não havia pensando nisso até ler essa pergunta! Rsrsrs Não! Nuca tive medo. Aliás, sempre tive muito mais anseios do que medo.

Quando você sabe onde quer chegar, não existe barreiras. É só seguir seus sonhos e saber que é capaz. Quando você fecha a mochila e dá o primeiro passo com ela nas costas, seu mundo fica enorme e você percebe que pequeno é estar sempre no mesmo lugar.

Renata3

4 – Qual o maior choque de realidade e qual o maior aprendizado levado dessa experiência?

O maior aprendizado foi o desaprender! Acredita nisso? Sim! Eu tive que desaprender muitas coisas, por exemplo,que as amizades verdadeiras não precisam de tempo para se fortalecer. Elas nascem em uma mesa de café da manhã ou tomando um sorvete sentada na praça em um dia frio. Desaprendi que um lar não precisa ser uma casa.

Ele só precisa ser um lugar onde você queira voltar todo dia. Desaprendi que família não precisa estar escrito no seu documento, e que muitas vezes, é a vida quem determina quem faz parte dela.

Renata2

5 – O que você tem a dizer para quem pensa em fazer intercâmbio social? Você considera uma possibilidade de conhecer outra cultura e realizar uma ação do bem ao mesmo tempo?

Quando comecei a procurar lugares para ser voluntária, percebi o comércio (absurdo) que existe em torno dessa prática. São agências especializadas, que realizam toda a conexão entre você e o local que escolheu na lista imensa que eles possuem. Você paga, o local te recebe, você tem suas atividades e volta pra sua casa e eles chamam o próóóóóximoooooooooo…

Como pode alguém te agenciar para isso?! Seu desejo de ser útil e praticar o bem TEM PREÇO!?

Não faça isso!!!

O início do Intercâmbio Social é você chegar ao lugar com suas malas e poder abraçar a pessoa com quem trocou mensagens por alguns meses e chegar com seu coração cheio de impulsos e anseios. Queira chegar com suas “próprias pernas” até onde seu desejo de ser útil possa te levar.

Existem Instituições em todo o mundo, com atividades que você nem imagina. É preciso procurar e estar disposto a experimentar viver uma rotina cultural diferente da sua.

Então, o que posso sugerir é que você siga seus desejos e dedique-se a encontrar um destino à eles. Não pague por isso nada além do que for honesto e necessário. Não faça do bem que você faz um comércio.

6 – Esse espaço é livre para suas considerações, situações engraçadas ou até mesmo conselhos e mensagem para quem tem o desejo de fazer o mesmo.

Ser voluntário é uma prática, como ser gentil. Quando você vê, já ajudou, já contribuiu, já foi útil. É espontâneo! É estar disposto a contribuir com tudo a qualquer momento, desde varrer um chão e limpar uma privada a realizar uma tarefa em que você se qualificou para ela.

E o melhor pagamento que pode haver para essa tarefa, é saber que você pôde fazer a diferença na vida de alguém ou que contribuiu para que algo pudesse ficar melhor do que quando ali chegou.

Não consigo imaginar um mundo melhor sem que as pessoas compreendam o verdadeiro sentido da palavra COLABORAÇÃO.

Ultrapassar fronteiras é muito importante, o mundo é cheio de diferenças que com certeza irão transformar seus pensamentos, preconceitos e manias. É buscar conhecer o diferente para descobrir um novo ser que pode existir em você.

VEJA AQUI TODOS OS #CONVIDADOS DO BEM

Paola_Convidados_DoBemTai_Convidados_DoBem-02Maria_Convidados_DoBem-01

Anúncios

E você, o que é que achou?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s