Saímos para ensinar, mas foram eles que nos deram a lição.

Fomos na  carona realizar uma atividade educativa sobre Sustentabilidade, mas as crianças sabiam de tudo, e a escola tinha muito mais a nos ensinar que nós a eles.

Em Novembro de 2014, meu antigo trabalho, a central regional de processos Holcrest, do Grupo Holcim, fez uma de suas ações de voluntariado na Fundação Dame la Mano, em Belencito el Corazón. Preparamos uma brincadeira sobre ecologia, limpeza e consequências ambientais – mas descobrimos que não estávamos levando nada de novidade. Ainda assim, as crianças se divertiram muito e participaram.

Após a recreação, a diretora da instituição, Paula Vargas, nos levou a um tour pela escola – que  foi aos poucos crescendo e se tornando um sonho no bairro Belencito El Corazón. Eles têm foco no núcleo familiar – pois sabem que se os pais não tiverem emprego, renda, estrutura, comida, fica quase impossível que as crianças, mesmo tendo boa educação, consigam se desenvolver.

Pensando nisso, uma das salas da escola é o ateliê de costura onde pais e mães aprendem a confeccionar roupas em geral e uniformes – que são vestidos pelos próprios filhos – (ver abaixo). Ao fim do curso, o Dame La Mano tem licença para emitir certificados e indicá-los a empresas para que estes pais sejam encaixados no mercado de trabalho. Não é fantástico?

Na diretoria, há álbuns de acompanhamento do desenvolvimento das crianças – e de suas famílias.  Eles tiram fotos a cada ano das crianças com suas famílias. Numa das páginas do álbum, havia duas alunas da escola na então “casa” deles. Orgulhosa, a diretora contou que eles não vivem mais naquela condição.

Na frente, alguns alunos posam para a foto. Atrás, Edu interage com outras crianças.

Na frente, alguns alunos posam para a foto. Atrás, Edu interage com outras crianças.

Outra preocupação: a fome. Eles têm as refeições enquanto as crianças estão na escola, mas pela proximidade com as famílias, eles sabem as condições em casa, e têm consciência de que, em alguns casos, algumas crianças ficariam sábado e domingo sem se alimentar. Então famílias que estejam nessa situação recebem alimentos para levarem para casa também – e a fundação busca maneiras de conseguir trabalho para os pais.

A segunda parte da atividade consistia em colorir.

A segunda parte da atividade consistia em colorir temas de ecologia.

A organização não conta com o apoio do governo, e sim de particulares, e atualmente (e infelizmente) tem lista de espera para alunos porque não dão conta de receber mais estudantes. Os que terminam o pré-escolar lá e vão para outras escolas, sentem falta do clima de casa. Outro dado interessante é que os meninos e meninas são super extrovertidos e desenvoltos, mesmo em frente às câmeras, como dá pra ver no vídeo de divulgação deles:

 

 

Anúncios

E você, o que é que achou?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s