Abre a janela pra começar o desenvolvimento! Coleta Techo Panamá

30 ago

Abre a janela pra começar o desenvolvimento! Coleta Techo Panamá

Oi, galerinha, feliz domingão!

Sexta e sábado são dias típicos para socializar com os amigos, ir pra praia ou piscina, enfim, curtir. Então nosso primeiro fim de semana no Panamá foi um pouco atípico: nós nos divertimos, sim, mas enquanto trabalhávamos com mais um montão de jovens na Coleta anual da organização sem fins lucrativos Techo. Leia para entender porque valeu a pena aguentar de pé o calor por 16 horas distribuídas em 2 dias.

Motivação e alegria não faltou nos semáforos do bairro Costa del Este, onde Edu, eu, Tainara, Manoel, Andrea e muitos outros brasileiros, panamenhos, venezuelanos, colombianos etc trabalhamos. Ficamos surpresos em vermos tantos adolescentes doando seu tempo em favor da causa.

Acao_Techo4

Para quem não conhece, o Techo é uma ONG presente em 19 países (incluindo o Brasil, sob o nome de “Teto”). O que eles fazem? Com a ajuda de voluntários, levantam casas emergenciais para famílias em estado de extrema pobreza. Ou seja, dão um teto 🙂 E também ajudam com a habilitação social e o desenvolvimento das comunidades carentes. (Nossa amiga e host, Tai, está se preparando para ser coordenadora de comunidade.)

Acao_Techo6 Acao_Techo5

 

Uma vez por ano, durante dois dias, a instituição cobre praticamente todas as esquinas da capital para levantar recursos para as construções.

Acao_Techo3 Acao_Techo2

Entre os aprendizados, estão que a generosidade no semáforo, na maioria das vezes, vem dos carros mais simples. E que quando as pessoas não doam, não tem problema, mas quando elas não são capazes de te olhar nos olhos ao menos pra dizer “não posso hoje”, o desânimo bate. Mas felizmente, a balança positiva pesou muito mais que a negativa, tanto que a zona azul, onde estávamos, foi premiada por ter sido a que mais arrecadou.

Receber essa premiação inesperada foi aquela prova de quem faz o bem atrai o bem. E de que Deus é brasileiro, pois estes vouschers serão o nosso almoço de hoje!! Aewww (dupla comemoração!) =)

Vouchers_Techo

Pena que nem todos os voluntários das 10 esquinas da nossa zona estavam na premiação, mas foi um baita trabalho coletivo, e em prol do outro. Talvez na correria do dia a dia as pessoas não parem para pensar, mas o voluntário doou o seu tempo do dia inteiro para caminhar a rua inteira levantando recursos que, diretamente, não irão ajudá-lo. Estavam envolvidos, sem ganhar um tostão, para ajudar a comunidades que talvez nem cheguem a conhecer. Mas se importam com isso.

É escolher ser cego quem não quer abrir os olhos pra ver que nem todos nascem com as mesmas oportunidades. Como ouvimos de um condutor num carro importado: “O Panamá não tem pobreza, tem preguiçosos”. Nós ainda não pesquisamos a fundo a história do país, mas basta visitar o bairro ao lado para perceber que essa informação está longe de ser realidade.

Pra finalizar, segue um trecho da nossa música de guerra para atraí doadores dignas de bons baianos que somos: “Donando – Donando – Don – Don – Don – Donando…”

E a faixa em español de Enrique Iglesas: “Donandôô, Donandoôô…”

Para conhecer mais e poder participar das ações do Techo é só visitar o site oficial.
Curta esse e outros conteúdos aqui botao_curtir

Veja também:

0 Comments

  1. “O Panamá não tem pobreza, tem preguiçosos”. Eu já escutei algo parecido aquí na Colombia. É verdade as vezes as pessoas só acreditam que pode existir uma realidade, a realidade de eles, e olvidam a triste realidade do próximo. O próximo que não teve opção.

  2. “O Panamá não tem pobreza, tem preguiçosos”. Eu já escutei algo parecido aquí na Colombia. É verdade as vezes as pessoas só acreditam que pode existir uma realidade, a realidade de eles, e olvidam a triste realidade do próximo. O próximo que não teve opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *